segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Até sempre Liedson

A saída hoje anunciada de Liedson levanta vários problemas, não sendo seguramente o maior deles a designação deste blog. Como se costuma dizer, o principal activo de um clube é a sua “marca”. Mas a marca não é uma mera designação ou imagem. Ela remete-nos para um capital identitário, simbólico e, até, afectivo. A marca é melhor ou pior quanto maior ou menor é o número de pessoas que com ela e os seus valores (incluindo, claro está, a história) se identificam. O valor económico de um clube está nisso.

A marca Sporting só tem relevância porque existe um número muito significativo de sócios e simpatizantes que com ela se identificam. E para se identificarem com ela precisam de símbolos. O Liedson era um deles. Se quiser, hoje, comprar uma camisola do Sporting para dar à milha filha, que camisola vou escolher? A do Maniche? A do Postiga?

Sai o Liedson e ficamos todos mais pobres. Não porque ele não tivesse que sair um dia, mas porque não o conseguimos substituir, enquanto avançado e enquanto símbolo do Sporting.

Dizem-nos que é um jogador caro. O Liedson foi sempre um jogador barato quando contrapomos ao seu salário às vitórias que nos proporcionou. Caro é o Maniche, o Paulo Sérgio ou o Grimi.

Parece que nos querem dizer que esta época é para deitar fora. Não há mais nada para jogar. Há e muito. Nesta altura jogamos tudo: o orgulho, a história, o respeito. Se perdermos isso perdemos tudo e para o ano será pior; porque para o ano ainda acreditaremos menos que será possível alterar este estado de coisas e nos mobilizaremos menos para ver jogos do Sporting, comprar as Gamebox e as camisolas. O valor económico do clube continuará a cair.

Entretanto começou a desinformação. Vêm lá o Kléber e o Djalma, como se isso fosse possível. Não é preciso frequentar o Pérola Negra para saber que estão, ambos, contratados pelo Porto. Até me assusto só de pensar que até ao final do dia ainda vão arranjar um Pongolle qualquer para calar a massa associativa.

Se estão de saída, não se importam de estar quietos e sossegados?

3 comentários:

  1. Este meu "post" vem na sequência do meu actual estado de espirito relativamente ao que é o SPORTING hoje e o que me parece ser um mal estar generalizado de sócios e adeptos, por isso, caros SPORTINGUISTAS, venho por este meio dar-vos uma sugestão. Em princípio o Liedson será convocado e jogará de inicio na sexta feira contra a Naval, espera-se que os sócios e adeptos tenham uma oportunidade de se despedirem deste magnífico goleador que tudo deu pela nossa camisola,esperam-se também mais adeptos do que é normal ,por isso sugiro, que em forma de protesto e perante o estado actual do nosso clube, abandonemos o estádio assim que o Levezinho for substituido para os aplausos, era uma forma de protesto ordeira e clara ,demonstrativa do descontentamento de todos. Deixemos o estádio vazio a partir do momento que sair o Liedson, era bonito !

    Este ano não renovei a minha GameBox, mas vou ao jogo em forma de protesto, não para assobiar nem para insultar, mas para me despedir de um jogador que me deu muitas alegrias ( ver o Luisão a trrrremer cada vez que o Levezinho lhe aparecia á frente ).

    Um abraço para todos.

    ResponderEliminar
  2. Criei hoje um blog sobre o sporting e adicionei-o á minha lista.
    Caso podesse agradecia que fizesse o mesmo.
    Http://ReinoLeonino.blogspot.com
    SaudaçõesLeoninas.

    ResponderEliminar
  3. Estou nessa, Pavel! É o que farei!

    ResponderEliminar