terça-feira, 15 de maio de 2018

O fim dos irmãos metralha (II)

Primeiro, em 2 de julho de 2015 e, depois, em 22 de julho de 2017, dizia isto:

Cada vez gosto mais de filmes de pancadaria. A saga dos Mercenários é excelente. Num só filme temos o Sylvester Stallone, o Arnold Schwarzenegger, o Chuck Norris e por aí fora. Não vai ser preciso ver o terceiro filme da série. Temo-los a todos na versão portuguesa no Sporting. Num só clube contamos com o Bruno de Carvalho, o Jorge Jesus e o Octávio Machado. Só falta o Maxi Pereira para termos o elenco completo.

Nos filmes, isto acaba bem. No Sporting, vamos ver. É que já nos tínhamos visto livres do Octávio Machado. Nos últimos anos tinha-se esquecido de nós e só falava sobre o Porto.

19 comentários:

  1. Caro rui,
    é o princípio do fim. Nos filmes, mesmo de pancadaria existem, por vezes, volte-faces que nem o cinéfilo mais experimentado estaria à espera. Mas nós como adeptos do Sporting, experimentados, sabemos que isto vai acabar ainda pior do que se espera.
    Dizem que anda à procura de treinador.. mas como o Presidente conduziu as coisas, que treinador está disposto a treinar o Sporting? Apaixonado pelo projecto? Apaixonado pelo sporting? Maluco (embora já aqui tenha sido explicado que dois malucos não convivem bem)... ou mercenário? Pau mandado?
    enfim... como diz o presidente aturo qualquer filha da mãe 100 anos se ele for útil ao Sporting...o problema é que em 4 anos não ganhámos aquele que é o maior objectivo do Sporting... será que vale a pena continuar a aturar malucos.
    PS: o Maxi Pereira se viesse para o Sporting era capaz de lhe dar uma encefalite.
    PS2: O Octávio já se tinha esquecido dele próprio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Nos filmes, quando o Sylvester Stallone, o Arnold Schwarzenegger, o Chuck Norris começam do mesmo lado acabam do mesmo lado. No Sporting é diferente. Começam à pancada aos outros e acabam à pancada entre si.

      SL

      (Gostei da do "Octávio já se tinha esquecido dele próprio")

      Eliminar
  2. Se o treinador tem de sair por incompetência... o incompetente que o contratou deve seguir o mesmo rumo. O problema é sempre dos outros... foi assim com o Marco Silva, agora com o JJ e outros se seguirão... BdC é narcisista, julga-se um iluminado e dono da verdade... Todos erram menos o "líder supremo", que quer vergar todos os sportinguistas à sua vontade e visão pessoal. O discurso de BdC é irritantemente EU, EU, EU... incapaz de perceber que o NÓS é a chave do sucesso colectivo. Por muito que se respeite e enalteça o trabalho positivo realizado por esta DIRECÇÃO (e sublinho POR ESTA DIRECÇÃO...) não podemos nem devemos subscrever todas as diatribes e desvarios de alguém que assumidamente diz que "para teres sucesso é preciso fingir que és louco"... A verdade é que o glorioso SPORTING CLUBE DE PORTUGAL está transformado num manicómio... Cada dia é um novo episódio, cada um mais surreal que o outro... Quando se pede tranquilidade e concentração para ao menos conquistarmos a Taça de Portugal, eis que irrompe BdC a abalar as hostes e criar mais instabilidade. Que coelho o "dono" do SCP vai tirar da cartola? Miguel Cardoso? Rui Jorge? Brincadeira...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Arnaldo Soares,

      Como diz o nosso Presidente, é preciso ganhar fama de maluco. Tendo essa fama de maluco, não conseguimos racionalizar e encontrar um propósito para a sua actuação. Se conseguíssemos, deixava de ter essa fama.

      Não vale a pena tentar compreender o que não tem compreensão possível.

      SL

      Eliminar
    2. "Se o treinador tem de sair por incompetência... o incompetente que o contratou deve seguir o mesmo rumo."(Arnaldo Soares dixit)
      FACTO: BdC, em 5 épocas 3 treinadores
      FACTO: João Rocha, em 12 épocas 17 (!!) treinadores
      CONCLUSÃO DOS FACTOS: Na óptica de "gestão" do Arn. Soa. acima citada, João Rocha (um dos melhores presidentes da Nossa centenária História) não teria concluído o 1º mandato!!!
      SL

      Eliminar
  3. E se remasses para o mesmo lado, a favor do clube, em vez de andares escrever idiotices, para desestabiliza. Agora não publiques se não quizeres, mas pelo menos, ficas a saber que és um mau sportinguista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Leão da Alameda,

      Para desestabilizar o Sporting, a atual Direção não precisa de ajuda. Faz isso sozinha e melhor do que qualquer um de nós possa fazer.

      Se eu sou um mau sportinguista, imagina o que dizer dos que nos arranjaram este trinta e um?

      SL

      Eliminar
    2. Leão da alamerda, remar para o mesmo lado do barco que já está a virar?

      Eliminar
    3. Caro Rui
      Não pondo em causa o seu sportinguismo (NUNCA o faria), entendo que, no seu caso, começaria a ficar deveras preocupado, quando a sua opinião é secundada por um dos mais indefectíveis lampiões da net (o rudol ...).
      De resto, embora discordando com o que parece estar subjacente ao seu post como eventual conteúdo, acho que ele não passa de uma tentativa de humor, da qual alguns podem gostar, outros talvez não; para mim (embora não me tenha feito rir) tomo-o como um legítimo direito à opinião, até porque não entendo como ofensivo, nem lesivo ao sportinguismo.
      Saudações leoninas

      Eliminar
    4. Meu caro,

      A linha editorial do blogue não deixa dúvidas: "Falaremos do Sporting, mais mal do que bem. Falaremos também do Benfica, sempre mal. Falaremos do Porto, conformados". Ninguém vem aqui ao engano.

      SL

      Eliminar
  4. Se no final heroi morre e a rapariga casa com o cavalo, tudo bem. ( significaria que o Bruno de Carvalho sairia de cena o o protagonismo passaria para os atletas )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Essa da actriz casar com o cavalo era uma das expressões preferidas do meu pai. De facto ou não há heróis ou os heróis são os jogadores independentemente de serem melhores ou piores pessoas. Aconteça o que acontecer ao Rui Patrício nunca mais vou esquecer a defesa na final do Campeonato da Europa a cabeceamento do Griezman.

      SL

      Eliminar
  5. Ontem esperei o Bruno
    Ele deve ter ido no porta bagagens do carro do Carvalho
    Como dizia o avô Pinheiro do outro... para ter sucesso é preciso criar fama de maluco
    Só podemos estar talhados para uma página de ouro do futebol nacional... com tanta fama junta e numa única pessoa...
    Mas é um processo de forte contaminação ao ponto de hoje se vir falar que o adjunto do Mourinho larga o Manchester não para assumir um lugar de destaque no Arsenal mas para vir poder usufruir do previlégio de conviver com um maluco que conta com o ovo no rabo da dita antes de conseguir resultados...
    Já não estamos na fase da pancada, mas naquele momento dramático em que o herói principal morre mesmo por erro do guião ou por falta de verba da produção
    Eu sei que o povo é sereno
    Mas não estará na hora de fazer de Azevedo e mandar o Carvalho e o Bruno para um local mais calmo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro António,

      Aquela coisa do Bardamerda não é mal pensado. É o melhor sítio que se pode arranjar nesta altura.

      SL

      Eliminar
  6. Sou do Sporting por herança… cresci a ser do Sporting por essa ideia de um clube diferente que não precisava de vitórias para ser o maior… o estádio cheio mesmo se o título não passasse de uma miragem… a fé no ano seguinte… este sportinguismo fez com que tivesse sempre do lado dos mais fracos… sempre que via um jogo com equipas estrangeiras torcia pela teoricamente mais fraca.
    Se para ganhar (e ainda não ganhámos nada) é preciso tornar o Sporting igual aos outros… tornar o Sporting nisto… então tragam -me o meu Sporting de volta… o que não ganha!

    ResponderEliminar