domingo, 16 de fevereiro de 2020

A vitória está reservada para aqueles que estão dispostos a pagar o preço


Jorge Jesus, por exemplo, tinha uma ideia. Silas parece ter várias, mas não tem nenhuma. Cheguei a confrontar, mentalmente, claro, a ideia de JJ, mas percebia-se que esta tinha ramificações, sempre a partir do tronco principal. Silas parece ter ideias para dar e vender, mais ou menos como o adepto comum as tem. A única diferença é que o adepto comum é inimputável pelas suas (quase) ideias futebolísticas, ideias essas que oscilam entre a tasca e o especialista em canalização convidado para os programas televisivos. O adepto comum, assim como o comentador televisivo, tem ideias sobre tudo, fazendo uma vaga ideia de quase nada.

Escreveu um dia Sun Tzu que “há momentos em que a sabedoria é parecer não saber nada”. Isso Silas tem, apenas lhe faltando a sabedoria para o saber. E para o utilizar. O plantel é globalmente fraco e desequilibrado, mas com tantas roupagens Silas descose-o e volta a cosê-lo até ele se tornar uma manta de retalhos a oscilar ao vento. Foi assim que ontem entrou em campo e por lá continuou, pelo menos durante o tempo em que estive com atenção ao jogo. A sensação com que ficamos é que aquela equipa nunca jogou em conjunto e ainda por cima não gosta nem sabe jogar junta. Sem o capitão e voz de comando, com jogadores medianos e outros a caminho de pernetas, chega a ser penoso ver o arrastamento banal da manta.

Empatámos. Para Silas foi o pior jogo desde que chegou. A isso chama-se evolução. Não há razões para preocupação.

9 comentários:

  1. Ganhámos um ponto ao líder. O Braga não conseguiu mesmo perder, desta vez. É que o Ruben Amorim só tem o nível três. Mas a culpa foi do Palhinha, que quis cabecear para fora e não conseguiu. Ficou demonstrado que o Braga não precisa dele. Nem nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Estamos ao nível do Braguinha, mas com um orçamento duas vezes e meia superior. O Palhinha já deve ter as suas dúvidas:)

      Sl

      Eliminar
  2. Sem ideias, sem futebol, sem treinador, sem direção nenhuma.
    nova série Lost

    SL

    ResponderEliminar
  3. Não há palavras para descrever o futebol do Sporting de Silas. Ele deve ser um génio que ninguém entende e muito menos os jogadores. Pois é isso, um génio que deveria ter continuado dentro da lâmpada. Mais foi lá o Aladino Varandas esfregar a lãmpada para tentar salvar-se da época catastrófica que ele, genialmente, tinha começado a preparar, há um ano atrás, como ele dizia, pomposamente. Da lãmapada saiu Silas, que, está ainda a aprender o métier de treinador, à custa do Sporting, mas deveria ter saído um tapete mágico para levar Varandas para bem longe de nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Somos geniais a esfregar as mãos. Para o ano é que é.

      SL

      Eliminar
  4. mas algum treinador quer vir para o SCP com o mariconso a presidente . Só quem ,como silas ,precisa de emprego ,porque os treinadores a serio sabem que com esta gente o SCP não tem hipótese nenhuma de nada ….

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Eu treinava sem problemas. Enquadro-me nos tasqueiros e nos comentadores com algumas ideias para dar e vender.
      Façam a proposta. Logo se verá...

      Sl

      Eliminar