segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Um penalty clandestino

Um amigo meu insistiu que tinham perdoado um penalty ao Sporting no jogo contra o Belenenses. Insistiu e insistiu tanto que me mostrou uma imagem em que o Slimani estava a agarrar um tal de João Meira.

Disse-lhe que não era penalty. Esse tal de João Meira só podia ter entrado clandestinamente em campo depois de ter sido expulso por falta perigosa à entrada da área sobre o Carlos Mané. Fomos ver o lance e lá estava a falta do tal João Meira. Como é que o João Meira voltou para dentro de campo depois ter sido expulso pelo Cosme Machado? Ninguém denuncia isto à Federação, à UEFA e à FIFA?

8 comentários:

  1. Para alem de que o vídeo desse lance, mostra o jogador a empurrar o Saar pelas costas e depois sim, a ser puxado pelo Slimani. O árbitro esteve bem em não marcar nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Queixo-me de um livre que não foi marcado à entrada da área do Belenenses e de uma expulsão perdoada. Essa da penalty é perfeita parvoíce.

      SL

      Eliminar
  2. Que roubo... 2 livres! Que voçês até marcam bem LOL
    Ainda se fosse um penalty "clandestino"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A expulsão, meu caro, a expulsão. Não se esqueça.

      Eliminar
  3. Está aqui bem explicado, caro Rui O penálti cometido por Slimani http://oartistadodia.blogspot.com/2014/09/o-penalti-cometido-por-slimani.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Já fui ler. Falta a expulsão. É que o rapaz do Belenense naquela altura já não devia estar em campo. Fez falta sobre o Carlos Mané à entrada da área. Devia ter dado livre e segundo amarelo.

      SL

      Eliminar
  4. Caríssimo, nem vale a pena discutir.

    Quem faz falta primeiro é o jogador do Belenenses sobre o Slimani. Este, como foi empurrado e deslocado do sítio onde deveria estar a defender agarrou o adversário. Que eu saiba ainda não é permitido empurrar adversários.

    A primeira falta é do caceteiro do Belém.

    Saudações leoninas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Essa parte está esclarecida. Aliás nunca precisou de ser esclarecida. O que nunca se percebeu é porque razão não foi marcada a falta sobre o Carlos Mané à entrada da área e porque é que o jogador que o rasteirou não levou o segundo amarelo.

      SL

      Eliminar