quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Relativizar as coisas

1. Ao que nos dizem, o melhor Benfica da época ganhou ao pior Sporting da época por dois a zero em casa. Não vejo estranheza no resultado. Dizem que nos deram um banho de bola. Quando no futebol contar a nota artística, talvez essa análise tenha algum interesse. Quanto a factos, o principal candidato ao título ganhou em casa dois a zero, tendo marcado o segundo golo a um quarto de hora do fim. Nada de especial, portanto.

2. O que me preocupa não é a derrota contra o Benfica. Preocupa-me, isso sim, o empate com a Académica. Também não fiquei propriamente contente com os resultados contra o Estoril, o Rio Ave e o Nacional. Só que não posso colocar os resultados do Nacional e do Rio Ave ao mesmo nível dos outros. Não ganhámos esses jogos porque os árbitros não o consentiram. Uns dirão que voluntariamente. Outros voluntariamente. Um não viu, outro viu o que não aconteceu.

3. A equipa do Sporting é sofrível. Nós deixámo-nos enganar e criámos expetativas que não têm qualquer contraponto com a realidade. Dizem-nos que o nosso meio-campo é excelente. Não é. O William Carvalho tem-se revelado excelente. O Adrien tem jogado uns jogos acima das suas possibilidades. Nos últimos, não tem jogado nada que se veja. O André Martins não tem lugar em praticamente nenhuma equipa portuguesa. A defesa é a menos batida, por mérito da organização coletiva. Os centrais são fracos. O Cédric está a surpreender. O Jefferson é uma máquina. Só que os laterais destacam-se mais a atacar do que a defender. Os extremos são fracos. Têm dias. Quando o Montero tirava coelhos da cartola, tudo se disfarçava. Deixou de tirar e isso nota-se.

4. A equipa está espremida. Não se pode esperar que os jogadores estejam em forma a época toda. Há quebras, mesmo com os melhores. No banco não há alternativas ao nível dos titulares. No jogo contra o Benfica, o Leonardo Jardim estava condenado a inventar. Inventou de uma maneira. Podia ter inventado de outra. Ninguém nos garante que o resultado não fosse o mesmo. A qualidade do banco não nos dá garantia que pudesse ser de outra forma.

5. O que nos resta fazer? Voltar ao jogo a jogo, que foi o que nos prometeram. O Leonardo Jardim é competente. Sabe o que tem de fazer. Se voltarmos a ganhar os jogos que devemos ganhar, daqui a umas semanas voltamos a fazer as contas outra vez quando recebermos o Porto. Até lá, esperamos que o Rei da Tática vá tecendo a teia onde se há de enredar. Não se esqueçam que o Benfica terá que se deslocar ao Dragão e o Kelvin ainda anda por lá.

19 comentários:

  1. Depois da TP, TL e Campeonato terem ido ao ar eis o novo objectivo para o Sporting esboçar um sorriso: as derrotas do Benfica.

    Força nisso. Não se distraiam é nessa espera que vem gente atrás...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Mas que raio. Se gostam tanto de escrever, porque é que não arranjam um blog e escrevem lá o que vos apetece.

      Eliminar
  2. Partindo do princípio que tudo corria bem, o Jardim terá idealizado um onze e uma táctica para o "derby" que poderia criar dificuldades ao Benfica, dado que os encarnados não estavam preparados para ela. Mas para isso era preciso que o Sporting assumisse e comandasse o jogo, de contrário, seria um desastre, porque aquela era uma equipa de pendor atacante. Com o onze tradicional o Sporting poderia ter feito um jogo mais contido, sendo uma equipa mais compacta, mas também muito previsível. Se tudo corresse (muito) bem, podia ser que arrancasse um empate a zeros.

    O que aconteceu toda a gente sabe. Com o adiamento da partida não só se perdeu o efeito surpresa como, mais grave, a própria confiança dos jogadores na sua missão não foi a mesma. O Sporting nunca se impôs, ora sem isso, sem ter bola, estava sujeito às avançadas em bloco do Benfica, que provocavam sempre calafrios ao Patrício, porque cada ataque dos lampiões era feito em superioridade numérica, dado que o trio da frente do Sporting não defendia. Ou seja, tanto por incapacidade nossa, como porque o adversário não deixou, ao não conseguirmos impor o nosso modelo de jogo, nem sequer conseguimos defender depois.

    Agora resta esperar que a confiança dos jogadores no treinador não tenha sido abalada, porque senão é muito mau. Eles sabem que fizeram muito má figura. Psicologicamente estão em baixo. Se ainda por cima a sua relação com o Jardim for abalada, porque perderam a confiança nele (não seria o primeiro treinador a quem acontece isto neste clube) por considerarem ter sido mal orientados, estamos feitos.

    E depois as indefinições da direcção em torno da questão da cobertura foram uma distracção. No Domingo estava tudo muito amigo e no dia a seguir o Sporting lança uma data de comunicados a "endurecer" a sua posição por causa da pressão nos blogues, dando a impressão de querer ameaçar não comparecer. Tudo mau de mais. O Sporting entrou muito enfraquecido na Luz, em campo como na estrutura. Começou a perder o jogo logo aí. Tenho dúvidas que o artigo 94 nos pudesse valer, mas em termos comunicacionais, nunca se podia deixar dúvidas sobre a confiança na equipa. Como se sentiu o Dier por ver que estava toda a querer arranjar um pretexto para adiar o jogo, para que o William pudesse jogar na Luz? Então tinham poupado o William contra a Académica, para que não corresse o risco de ficar excluído para esse jogo. Mau de mais...

    ResponderEliminar
  3. "Ao que nos dizem, o melhor Benfica da época ganhou ao pior Sporting da época por dois a zero em casa." - não viste o jogo? Se viste sabes bem que foram dois mas podiam ter sido 6 ou 7. E já agora, uma vez que o halibut está a custar a sarar as feridas dos adeptos da mais-melhor-boa escola de formação do universo e arredores, vê se gostas desta: o pior fcporto dos últimos dez anos consegue estar à frente do melhor scp dos ultimos dez anos. Bravo!
    "Não se esqueçam que o Benfica terá que se deslocar ao Dragão e o Kelvin ainda anda por lá." - confesso que sempre pensei que com uma nova direção acabassem com a submissão aos corruptos, mas pelos vistos os complexos em relação ao SLB ("Falaremos do Sporting, mais mal do que bem. Falaremos também do Benfica, sempre mal. Falaremos do Porto, conformados." - HAHAHAHA, só o cabeçalho diz tudo sobre a vossa pequenez) faz com que continuem a baixar as calças ao clube corrupto. Tu e os tristes que pensam como tu jamais verão o vosso clube sagrar-se campeão nacional, nem que vivam 100 anos.

    ResponderEliminar
  4. 1 - Ficou 2-0, mas poderia ter ficado mais dilatado. O banho de bola não dá pontos, mas tem efeitos nas equipas pois a forma como o Benfica venceu vai moralizar os jogadores do Benfica e desmoralizar os do Sporting que até já falam em levantar a cabeça...

    2 - O preocupante não é perder com o Benfica, mas sim a forma como o Sporting perdeu. Ficou claro que há uma grande desnível entre as equipas.

    3 - William é excelente. Adrien tem estado acima do nível mas é apenas bom. O André Martins é muito bom, mas o Jardim não o mete no sítio certo. O Cedric é um buraco na defesa. O Jefferson é bom. Os extremos são ridículos. O Montero é bom mas está de férias.

    4 - Basta ver os últimos 5 jogos do Sporting an Liga para ver que a vida não vai ser fácil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual é o sítio certo do André Martins? A 6 ou 8 seria "atropelado". Não é 10, mas também não é avançado, muito menos ponta-de-lança. A médio ala também não dá. Que tal se ele experimentasse o futsal?

      Eliminar
  5. "Quando o Montero tirava coelhos da cartola, tudo se disfarçava" quer dizer quando marcavam em fora de jogo, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meus caros,

      Respondo a todos. Os benfiquistas são uns fulanos espetaculares. Têm um só deito. Não arranjam uns blogues para escreverem tudo o que pensam. É uma pena. Têm imensas coisas para nos dizer. O país está ansioso.

      Eliminar
  6. Caros benfiquistas,todos para o Marquês, já!
    Depois pode ser tarde. Mas devem saber isso, daí o anonimato.
    Também não percebo como acham estranho que um sportinguista queira que o Benfica seja, no mínimo, derrotado. Aposto que devem ficar muito desiludidos sempre que o Sporting perde. E sim, também queremos que o FCP seja derrotado, mas temos as nossas prioridades.
    De uma coisa continuo a ter a certeza, temos muito melhores blogues. Devemos ter. Eu nunca fui a nenhum blogue de outros clubes e aqui não nos largam a porta.

    ResponderEliminar
  7. atenção lampiões, copiem o url seguinte e depois colem na barra de endereços do navegador (aquela coisa que vocês devem conhecer como internet explorer): https://www.google.pt/search?q=blog+benfica&oq=blog+benfica&aqs=chrome..69i57j0l5.6049j0j8&sourceid=chrome&espv=210&es_sm=93&ie=UTF-8

    bom proveito. escusam de agradecer.

    ResponderEliminar
  8. Isso é de uma delicadeza extrema, até para um Leão (ex) F*****.
    Já agora, não lhes quer dar um mapa, uma bússola e uma merenda para o caminho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Diria ainda mais: desamparai-nos a loja!

      SL

      Eliminar
  9. A introdução do blog diz tudo

    ResponderEliminar
  10. Nos 2 anteriores jogos no estádio da lã (para o Campeonato e para a Taça de Portugal) fomos roubados em 5 penaltis e um golo em fora de jogo do Cardozo. Devia constar do Guiness Book of Records!!!A CS em geral até mencionou estes erros, sem eles ganharíamos os 2 jogos. Agora ganharam 2-0 em casa a uma equipa com 1/4 do seu orçamento e desfalcada de 2 dos seus melhores jogadores e estão eufóricos. Só o que me preocupa é que eles, desta vez, ganharam sem a ajuda do árbitro...

    PS- As comemorações de conquista de campeonato começaram a ser feitas pelo Sporting Clube de Portugal no Marquês de Pombal devido à estátua ter um imponente leão. Os lampiões quando tiveram oportunidade de comemorar algo para onde é que foram...para o Marquês! Eheheh. Grande imaginação. Não é por acaso que frequentam quase todos os blogues sportinguistas. Será falta de imaginação, problemas de GPS, ou...procuram aquele toque de classe...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, alguns deveriam procurar... a 4ª classe. Já não era mau.

      Eliminar
  11. Caro Rui,

    É mesmo preciso relativizar as coisas. Começámos a época como o clube do Presidente aventureiro que desafiava empresários (lembram-se do Bruma?) e só conseguia comprar jogadores de 2a linha do Brasil e de campeonatos menores (como o Americano e Argelino). Começámos a jogar, e semana após semana, pasme-se os (mesmos) jornalistas perguntavam a jogadores, treinadores, roupeiros, presidentes se assumiamos a "candidatura". A resposta foi sempre "não, não e não", mas os adpetos começavam a acreditar (mesmo apesar de vários outros "não" do Xistra, do Mota, do Proença e do Baptista).

    Agora nesta bipolaridade que caracteriza o futebol, chegamos a quase 2/3 do campeonato em treceiro e com duas derrotas - no Dragão e na Luz - e parece que somos a pior equipa do mundo. Parece que que falhamos todos os nossos objetivos.

    Sempre dissemos que este era um ano de mudança, nunca dissemos que temos a melhor equipa de sempre. O objetivo sempre foi a Champions e não a final da Champions. Acho que é importante avivar a memória.

    SL,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente comentário. Infelizmente, a bipolaridade é mesmo um requisito "sine qua non" do adepto de futebol.

      Eliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar