domingo, 13 de setembro de 2015

Suspeitas: novas e antigas

Contra o Rio Ave, havia duas dúvidas a esclarecer: se no sétimo jogo assistiríamos ao sétimo gamanço e se os suspeitos do costume aguentariam o jogo todo.

Sofremos o quarto golo irregular desta época, segundo as minhas contas. Um tal de Wakaso só levou um amarelo depois de um sem número de faltas e, pelo caminho, de ter tentado arrancar uma perna de um jogador do Sporting com uma entrada a pés juntos. Mas não, não se confirmou o gamanço. Depois das anteriores, esta arbitragem até se pode considerar imparcial.

Os suspeitos do costume deram à costa como se esperava. Desta vez, o Teo Gutiérrez não esteve mal, mas só durou uma parte do jogo. O Bryan Ruiz é definitivamente um caso perdido. Está ao nível de um Pedro Barbosa da Final da Taça UEFA.

O melhor jogador do meio-campo do Rio Ave foi o Adrien. A quantidade de bolas que aquele rapaz perde a despropósito, a tremedeira permanente e os passes disparatados, deixam qualquer equipa à beira de um ataque de nervos e são uma fonte de esperança da equipa adversária. Precisamos do William Carvalho como de pão para a boca.

O Aquilani sabe o que faz. O problema é que joga a dois tempos: devagar e parado, que as forças não dão para mais. O João Mário pensa que ainda está a jogar com o Marco Silva. Com as displicências deste jogo, é provável que encoste nos próximos. A equipa só conseguiu estabilizar o seu jogo com a entrada do Carlos Mané.

Os laterais não estiveram melhor que os do meio-campo. O Esgaio é um caso perdido. Ou muito me engano ou vamos passar à estratégia do Bolloni, com o Paulo Oliveira a lateral direito. É só esperar pela recuperação do Ewerton.

Pouco sobra. Sobram o Patrício, os dois centrais, o Slimani e o Carrillo, quando não sofre um apagão, como em muitos lances do jogo de hoje. Para o Rio Ave desta época, que é inferior ao da época passada, chegou. No futebol a moral da história está nos golos que se marcam e se sofrem. Já agora, continuamos em primeiro. É necessário explicar rapidamente isto ao Ribeiro Cristóvão e aos outros rapazes que estão na SIC Notícias a perorar sobre o Sporting.

20 comentários:

  1. Hoje não poderei opinar sobre o jogo.

    À hora do apito inicial liguei a minha Sporttv (que é igual à BTV do Inácio) e vi as equipas iniciais. Reparei que existia um meio-campo composto por Adrien e, principalmente, Aquilani.
    Desliguei logo a minha Sporttv e fui dar um passeio. Se já estou vacinado para um Adrien, a minha veia não aguenta (mais) um Aquilani.

    Voltei do passeio e liguei-me ao jogo. Vi o resultado e, no mesmo instante, vejo o Wakaso a fazer de lenhador nas pernas do Carrillo. O árbitro e fiscal de linha marcam lançamento de linha lateral para o Rio Ave. Desligo novamente e vou inventar trabalho até daí a 20 minutos (15 + descontos).

    O meu vizinho debaixo não se manifesta (lampião que ouve relatos no pátio, em baixo da minha sala), nem há sms portadores de más notícias. Em princípio, está tudo tranquilo.

    Este era sempre um jogo difícil. Ainda mais após duas semanas onde 10 jogadores nossos tiveram a brincar nas selecções.

    4 jogos no campeonato, 3 jogos fora. Outros há que, nas mesmas jornadas, jogaram 3 em casa e 1 fora. Sorteio, dizem.

    5ª feira há jogo treino. Dia 21 há jogo da Liga com Nacional do Manuel "Mormente" Machado. Esse é o jogo que importa.

    grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Cantinho,

      O mais de acordo possível. Rodar a equipa no jogo-treino para a Liga Europa enquanto se põem a soro alguns dos jogadores como o Bryan Ruiz.

      Um abraço.

      Eliminar
  2. há jogadores que têm que ir à bruxa, o João Mário tem que ir às senhoras que praticam a profissão mais antiga do mundo....é que vai ali uma falta de tesão...
    Gostava de ver mais Gelson e mais Mané....
    Ah, o Esgaio......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Estou de acordo quanto à ida do João Mário. É irrelevante o Esgaio ir ou não.

      SL

      Eliminar
  3. O Sporting jogou mal num campo difícil, mas teve sorte a trouxe os 3 pontos.

    Talvez por estarmos habituados a que aconteça precisamente o contrário - jogar bem, mas ter azar e trazer um melão - é que não estamos a saber lidar com isto.

    Não é um fim do mundo nem os jogadores do Sporting são todos uma mer.. por causa disso.

    Isto é o que eu digo hoje mais a frio (já que ontém acabei o jogo com taquicardias a insultar os nossos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      O que importa são as que entram e as que não se sofrem. Moral da história: ganhámos. Agora, estamos a precisar do William Carvalho como de pão para a boca. Aquele meio campo é um buraco.

      SL

      Eliminar
  4. Concordando com o post, acrescento:
    Esgaio não é famoso mas ainda assim preferivel em relação a JP.
    Disse-o desde o primeiro jogo que Ruiz é um clone de PBarbosa.
    Aquilani deve ser excelente nos matraquilhos, paradinho.
    Gosto de Jeff mas ontem foi um ai jesus.
    Carrillo esteve ao nivel de 2 anos atras em que so corria quando lhe apetecia.
    Teo...meu rico Tanaka.
    Adrien precisa do mesmo tratamento de JMario de um comentador acima.
    O resto da equipa safou-se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Safámo-nos e isso é que importa. Venham os reforços de Inverno: William Carvalho e Ewerton.

      SL

      Eliminar
  5. Na minha TV o Sporting ganhou, teve mais posse de bola e sem ser brilhante cumpriu. Lendo o poster parece que perdemos e fomos massacrados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      No futebol é assim: merece ganhar quem ganha. Não ligue às ironias. É como com os nossos filhos. Só nós é que estamos autorizados a dizer mal deles. Ai de alguém que diga mal deles.

      SL

      Eliminar
  6. Caro Rui,

    Vi o jogo um pouco aos tropeções, mas também não me pareceu assim tão mau como descreve (ou como eu li). Tirando uns 15 min da primeira parte e outros 15 min da segunda fomos sempre mais fortes. Aproveitamos foi isso para andar ali a gerir e a falhar golos feitos.

    No que estamos 100% de acordo é no reconhecimento que o William faz muita falta! Acho que até em baixo de forma será outro nível.

    SL,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João,

      Jogámos o suficiente para ganhar. Tanto assim foi que ganhámos. Só foi pena não termos matado o jogo quando tivemos possibilidades para isso. Se assim tivesse acontecido, ninguém falaria da exibição.

      Um abraço

      Eliminar
  7. Foi impressão minha,ou o que eu vi foi um pesadêlo,com o adversário a jogar com personalidade mesmo a perder por 2-0,enquanto os nossos pareciam tratar uma bola com picos e com chumbo nos pés?!?Só os três pontos me agradaram,mas com um sabor amargo na boca por causa da constante taquicardia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Ganhámos e isso é bom em si mesmo.

      A equipa não é brilhante. A meu ver, é pior que a do ano passado. Não temos ninguém ao nível do Nani da primeira parte da época. Mas a equipa não tem de ser boa. Só precisa de ser melhor que a dos adversários.

      SL

      Eliminar
  8. Foi horrível. Ganhar num estádio tão fácil como é tradicionalmente o do Rio Ave por apenas um golo é de facto deprimente. Ah que saudades de ver jogar o meu Sporting na época passada com aquele futebol perfumado e directo cheio de profundidade e de ganas. Mais deprimente ainda se torna depois de ver os nossos rivais lisboetas a golearem aquela grande equipa treinada pelo maior treinador português da actualidade (a seguir ao grande Marco Silva claro). E ainda por cima só estamos em segundo lugar com os mesmos pontos do primeiro. Horrível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      Não confunda alhos com bugalhos.

      Ganhámos e isso é o essencial. Agora, jogámos pouco e só não vê quem não quer ver. O Jorge Jesus também viu e não gostou.

      SL

      Eliminar
  9. Muito sinceramente não gostei nada do que vi em Vila do Conde excepto os 3 pontos.
    Rui Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Rui Pedro,

      Mas os três pontos não são pouco. São o essencial. Agora, exibições como estas não garantem os três pontos.

      SL

      Eliminar
  10. E o mais importante é isso mesmo:os 3 pontos ! O resto? é só conversa!!Viva o SCP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro,

      O resto é para aprender e não repetir.

      SL

      Eliminar